sexta-feira, 22 de maio de 2009

RPGCon

Start:     Jul 4, '09
End:     Jul 5, '09
Location:     rua Alegrete, 168, Sumaré, São Paulo - SP
Numa iniciativa mútua entre a equipe d3system, Caravana Surreal e EBARPG, surge o mais novo evento de RPG do Brasil, o RPGCon.

O RPGCon 2009 ocorrerá nos dias 4 e 5 de Julho no Colégio Notre Dame, situado na rua Alegrete, 168, Sumaré, São Paulo - SP. (Pertinho do metrô Sumaré!)

Muitas atrações estarão disponíveis. Entre elas:
* Feira de livros usados,
* Encontro de Blogs,
* Palestras,
* Concurso de Cosplay!

Para mais informações, visite o site:
www.rpgcon.com.br

Comunidade oficial do evento: http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=18796919

RPG no Bob's - São Paulo

Start:     Jun 20, '09 2:00p
Location:     Av. Paulista, 1904

É com prazer que venho anunciar o retorno do Evento "RPG no Bob's" de São Paulo. Após alguns imprevistos o Alex, novo coordenador do evento, conseguiu finalmente conversar com o gerente do ob's da Av. Paulista, e com isso, obter a autorização para uso do espaço.

E o primeiro encontro dessa nova fase já está marcado: dia 20 de junho, às 14:00h.

Programem as suas agendas. Pretendemos realizar o evento sempre no terceiro sábado de cada mês.

Local: Avenida Paulista, 1904, entre as estações do metro Consolação e Trianon-Masp.


Em breve, mais informações no grupo do evento: http://rpgnobobssp.multiply.com/


quarta-feira, 20 de maio de 2009

Vampiro: A Máscara - os Rituais Taumatúrgicos mais desbalanceados.

Qual o Ritual Taumaturgico mais desbalanceado?

Rastro Luminoso da Presa
 
 5

Lentidão dos Aterrorizados
 
 0

Fogo no Sangue
 
 2

Ritual da Rosa Amarga
 
 8

Drenagem Através dos Laços
 
 3

Pele de Papel
 
 1

Noite do Coração Vermelho
 
 6

Mente de Ferro
 
 1

Sombra do Lobo
 
 4

Invulnerabilidade às Fraquezas
 
 6

Eu adoro o Clã Tremere, e adoro a versatilidade da Taumaturgia. Mas em alguns livros, a White Wolf chutou o pau da barraca e esqueceu tudo o que ela mesmo escreveu. Vejamos aqueles que eu acredito serem os rituais de Taumaturgia mais nada a ver:

 

Nivel 1 -  Rastro Luminoso da Presa

Este ritual faz com que o rastro de uma vítima predeterminada brilhe de maneira que apenas o vampiro que usa este ritual possa ver. As pegadas, rastros dos pneus, etc., brilham numa cor quase neon. Até mesmo rastro de navios e trajetórias de avião serão reveladas. O ritual é anulado se o próprio alvo passa diretamente ou imerso na água.

O vampiro deve ter visto a pessoa que ele deseja perseguir através deste ritual. O vampiro deve ter um ponto de partida para iniciar o ritual, depois do qual a trilha brilhará até a vítima ser encontrada ou até chegar num posição onde ela não irá andar, cavalgar ou dirigir. O brilho do caminho indica quão longe a vítima tem ido desde que ela passou por aquele ponto. Fonte: Guia do Jogador para o Sabá

 

Nível 2 - Lentidão dos Aterrorizados

Este ritual deixa o feiticeiro retardar qualquer presa específica. Quanto mais rápido a vítima tenta correr, mais lenta ela fica. Durante o primeiro turno, ela move à metade de sua velocidade normal. Se ela tentar acelerar, ela diminuirá para um quarto de sua velocidade normal. Eventualmente, ela diminuirá ao ponto em que não poderá se mover mais rápido que andando. Este ritual é muito usado para pegar uma presa esperta ou aterrorizar um oponente. O vampiro muitas vezes é capaz de andar enquanto a vítima tenta correr e ainda apanhá-la. O componente deste ritual é um pequeno cubo de barro perfeitamente quadrado em todos os lados. Fonte: Guia do Jogador para o Sabá

 

Nível 3 - Fogo no Sangue

Este ritual permite ao vampiro a fazer o corpo da vítima a tornar-se extremamente quente. A vítima pode sentir o aquecimento de seu sangue como se passasse direto pelo corpo. O efeito deste ritual é extremamente doloroso. O aquecimento começa lentamente, mas quando a vítima se torna mais e mais ativa o sangue se torna mais e mais quente. A vítima sofre um dano agravado cada vez que ela faz algo que envolva um teste de Atributos Físicos, a menos que ela possa fazer um simples teste de Raciocínio + Medicina (dificuldade 7) para acalmar-se o bastante para o sangue esfriar. A vítima é assim forçada a permanecer inativa ou encarar extrema dor e injúria. Nenhum componente é requerido para este ritual. Fonte: Guia do Jogador para o Sabá

 

Nível 3 - Ritual da Rosa Amarga

Embora este ritual tenha quase sumido totalmente da face da terra, sua reputação a torna uma das mais temidas armas no arsenal dos Tremere. O Ritual da Rosa Amarga permite múltiplos Membros a ganhar os benefícios de diablerizar um único vampiro. Muitos anciões temem com razão este ritual; nada encoraja mais um coterie sedento de sangue do que uma chance de chegar mais perto de Caim e a oportunidade para todos eles fazerem isso de uma vez... Desnecessário dizer, é quase impensável que alguém ensinaria à uma cria ou protegido este ritual, já que o potencial de ter isso virado contra si é tão grande. Eruditos Tremere suspeitam que talvez mais ou menos uma dúzia de transcrições deste ritual existam fora a cópia cuidadosamente trancada na capela de Viena.

    Sistema: A vítima da diablerie deve ser drenada de todo menos um único ponto de sangue. Este em si pode provar-se difícil, e aqueles jogadores de vampiros bebendo este sangue do Membro pode ter de fazer um teste de Auto-Controle (dificuldade 7) para parar seus personagens na hora exata. Dali em diante, o coração da vítima deve ser retirado, aterrado em pasta com pó de mármore, triturado e misturado com um pouco de vinho tinto. O taumaturgo adiciona à esta mistura um pouco de cinzas de uma estaca de carvalho e uma pitada de água pura. Em antigos relatos, a “água pura” vinha de um rio na montanha, mas os poucos relatos deste ritual sendo usado em noites modernas indicam que até água purificada da torneira ou água destilada comprada funciona bem.

    Cada personagem querendo tomar parte na diablerie comunal deve embeber o preparo. O jogador do personagem realizando o ritual então faz o teste necessário. Se o teste é bem sucedido, o ritual funciona corretamente e alguns personagens podem baixar sua geração. Se o ritual falha, o preparo é estéril e ninguém ganha os benefícios (ou sofrem qualquer detrimento) da diablerie. Se o teste é um erro crítico, a mistura se torna venenosa, infligindo três níveis de dano agravados não absorvíveis em cada Membro que participou dele.

    O número de Membros que podem se beneficiar deste ritual é igual ao número de passos entre as gerações do vampiro diablerizado e do vampiro de menor geração participando no ritual. Isso é, se um vampiro de oitava geração, um vampiro 10ª geração e um vampiro 11ª geração usam este ritual sobre um vampiro de quinta geração, todos os três podem beneficiar-se do ritual (como a diferença entre gerações oito e cinco é três). Se o número de passos rendidos pela diferença de gerações for menor do que o número de vampiros participando no ritual, o Narrador deveria baixar as gerações daqueles Membros com as maiores gerações primeiro até todos os passos terem sido contados. Por exemplo, se quatro vampiros participam no ritual e o diablerista de menor geração está a dois passos de distância da vítima, somente os dois Membros de maiores gerações ganhariam qualquer benefício do ritual. Nenhum Membro pode ganhar mais que uma geração através do uso deste ritual numa única vez.

    Qualquer um que participe no ritual sofre as desvantagens da diablerie – perda de Humanidade, veios na aura, etc – mesmo se eles não ganham o benefício dela.

    Um aspecto menos conhecido deste ritual é que ele requer sangue excepcionalmente potente para ter efeito. Podia parecer que somente Matusaléns (e, presumivelmente, os próprios Antediluvianos) têm vitae rica o bastante para o ritual funcionar. Alguns relatos têm surgido declarando que o sangue de vampiros da Sexta Geração funciona, mas todos estes Membros eram de idade avançada, quando não geração.

    Rumores, claro, abundam a respeito desta Disciplina, do paranóico ao crível. Algumas fontes dizem que vitae particularmente robusta pode baixar a geração de um diablerista por mais que um ponto. Outros sugerem que uma variação do ritual sempre gera uma poção venenosa. Outras alegações ainda sugerem um rito que permita os pretensos diableristas a serem “possuídos” pelo ancião sobre quem eles tem tolamente escolhido satisfazer sua sede. Nenhum destes rumores tem sido provado, mas a possível repercussão tem ajudado a manter este ritual contido – o risco, tanto quanto a maioria dos Membros está interessada, supera de longe os benefícios. Ainda, mais que um Membro tem sido disposto a ir à qualquer lugar para fortalecer sua ligação ao mítico Primeiro Vampiro. Fonte: Sins of The Blood

 

Nível 4 - Drenagem Através dos Laços

Este ritual especial permite ao vampiro utilizar as Disciplinas de qualquer indivíduo, Membro ou mortal, que tenha um Laço de Sangue diretamente com ele. Este ritual não trabalha com o Vinculum criado pela Vaulderie, o indivíduo deve ter Laço de Sangue diretamente com o vampiro. Este ritual é usado na maioria das vezes com carniçais, chamando sua Potência e outras Disciplinas. A vítima não pode usar as Características enquanto o vampiro as usa. O ritual requer que o vampiro carregue um pequeno frasco contendo uma gota do sangue Laçado do indivíduo.

Este ritual foi originalmente aplicado no Haiti, mas tem se espalhado rapidamente. Infelizmente, isso é muito menos útil para o Sabbat do que para os outros Membros. Fonte: Guia do Jogador para o Sabá

 

Nível 5 - Pele de Papel

Este ritual faz o Vigor e a Fortitude da vítima (se ela tiver a Disciplina) ser reduzida para um ponto cada. A vítima permanece com neste estado por uma noite inteira. Este pode ser um ritual poderoso se lançado num oponente que absorve dano facilmente. Porém, se a vítima é de sétima geração ou menor, ela mantém um ponto extra de Vigor a cada geração menos que oitava. Assim, se um vampiro de quarta geração for alvo deste ritual, o vampiro pode ser capaz de manter quatro pontos de Vigor e Fortitude em adição ao um ponto automaticamente deixado. O material para este ritual é um pedaço de papel com um desenho representando a vítima. O feiticeiro rasga em pedaços a figura quando o ritual é lançado. Fonte:

 

Nível 5 - Noite do Coração Vermelho
Neófitos sussurram que os anciões Tremere podem destruir completamente seus inimigos com apenas uma amostra de vitae. Embora nada seja assim tão simples, alguma verdade existe por trás desse medonho rumor. Com a Noite do Coração Vermelho, um taumaturgo pode despachar seus inimigos gritando de terror, matá-los diretamente ou forçar um confronto.
O taumaturgo precisa somente de uma amostra quantitativa do sangue da vítima. Durante o decorrer de uma noite inteira, o feiticeiro canta as sílabas do ritual continuamente. Depois da primeira iteração do ritual (que leva cerca de 10 minutos), a vítima repentinamente sente um mau pressentimento de medo. Sempre que o alvo encarar o feiticeiro, ele nota que um ritual está em progresso para matá-lo – e que ele ou deve escapar de seu poder, ou então encontrá-lo e interromper o feiticeiro seguindo o conhecimento sobrenatural transmitido. Uma vez que o ritual terminar ao amanhecer, se a vítima estiver dentro de seu alcance, ela espetacularmente desmancha-se em cinzas em questão de segundos.
Além do sangue da vítima, o feiticeiro deve ter uma efígie da vítima que ele mesmo tenha talhado do osso, madeira podre colhida à meia noite ou pedra de sepultura de uma lápide de um sacerdote fiel.
Sistema: Apesar de extremamente potente, Noite do Coração Vernelho não é um ritual onipotente. As chances são, tão logo ele comece, de que a vítima fuja da cidade ou então cace o feiticeiro. Por não haver saída – morte ou falha – isso significa que provavelmente a vítima não parará até que ela possa destruir o taumaturgo. Porém, se o feiticeiro conseguir completar o ritual com um Ponto de Sangue da vítima, o infeliz alvo imediatamente colapsa à Morte Final.
O jogador testa para os sucessos do ritual tão logo ele inicia – se o teste falha, então o ritual não funcionará e a vítima não sentirá nada (embora o feiticeiro não saiba disso necessariamente). O jogador deve gastar também um Ponto de Força de Vontade para continuar realizando pela duração da noite toda, e se o ritual é parado ou interrompido em qualquer forma, ele falha.
Noite do Coração Vermelho tem uma distância limite. Conhecimento popular diz que o rito funciona “por sete léguas além do refúgio amaldiçoado”; taumaturgos científicos creditam o rito com um alcance de 50 a 60 Km. Desconsiderando, o alvo pode imediatamente saber se ele tem conseguido escapar do alcance do ritual, porque o sentimento de medo some – mas se ele retorna enquanto o ritual está em progresso, ele cai novamente em sua influência. Note que apesar do alvo poder saber se ele conseguiu escapar do alcance do ritual, o feiticeiro não sabe disso; é possível lançar Noite do Coração Vermelho sobre alguém que não está no alcance, sem saber que o ritual falhará. Fonte: Clanbook Tremere Revisado

 

Nível 6 - Mente de Ferro

Este ritual torna um vampiro invulnerável à Auspício por uma noite. O ritual requer um brinco, broche de chapéu ou outro objeto contendo ferro para ser usado na cabeça. O objeto deve ter o ritual lançado sobre ele. O objeto cria o que pode se chamar de "estática psíquica", bloqueando todo uso de Auspício contra quem esteja usando o objeto. O indivíduo usando Auspício saberá que alguma coisa está errada mas não saberá o quê. Fonte: Guia do Jogador para o Sabá

 

Nível 7 - Sombra do Lobo

Este poderoso ritual realmente deixa um vampiro se tornar um Lupino por uma noite. O vampiro deve desenvolver uma lupino separado usando suas estatísticas básicas. O tipo do lupino depende da natureza exata do ritual. Há várias variações do ritual; cada um emprega uma forma diferente. O vampiro é sujeito às mesmas limitações e vantagens que os Lupinos possuem. O componente é um manto feito de pele de lobo. Fonte: Guia do Jogador para o Sabá

 

Nível 10 - Invulnerabilidade às Fraquezas

Os Tremere alegam ser os únicos conhecedores deste ritual cuidadosamente guardado. O ritual leva um ano inteiro para ser executado e requer um grande número de componentes complexos. O componente mais importante é um grande diamante banhado pelos raios do sol durante um dia inteiro sem nuvens. O diamante é gravado com os símbolos da vida e da morte. A gema é consumida na última noite do ritual. Ela permanecerá no interior do corpo do feiticeiro até ser decomposta lenta e misticamente depois de um período de anos determinado pela soma dos Níveis de Vigor e de Ocultismo (dificuldade 4) do feiticeiro. Durante este período (ou até que a pedra seja removida do corpo do feiticeiro) o feiticeiro será imune ao fogo, calor e luz solar. Além disso, o vampiro pode permanecer acordado durante o dia por um número de horas determinado pela soma do Vigor + Fortitude (dificuldade depende da hora do dia). Cabe comentar também que o sangue do ancião adquire qualidades surpreendentes devido ao diamante em decomposição – aquele que beber um único Ponto da Sangue não apenas será brindado com os benefícios normais da vitæ do ancião (ampliação das Disciplinas, aumento do total de Pontos de Sangue e queda de geração) como também será imune aos poderes destrutivos da chama, do calor e da luz solar durante uma hora por Ponto de Sangue. Fonte: Vampiro: Guia dos Jogadores